17 de mar de 2010

EMEF DAVID CANABARRO é do Mathias

Quando se trata de administrar uma instituição, a tarefa mais importante do gestor ou da equipe gestora é tomar as decisões certas para chegar a resultados positivos. Em educação, essa frase poderia ser traduzida assim: implantar as mudanças necessárias na escola para que todos os alunos aprendam. Manter a papelada em dia, atualizar os relatórios e outras questões burocráticas fazem parte da rotina de qualquer administrador, mas tudo isso deve ser feito em função do objetivo principal da escola: Oportunizar situações de aprendizagens que possibilitem a formação básica nos aspectos: físicos, psicológico, cognitivo e social, como também, favorecer a integração família-escola-comunidade, e assim combater o fracasso escolar, ampliando as possibilidades de aprendizagem. Este sempre foi nosso principal foco desde que assumimos a direção da escola EMEF DAVID CANABARRO.



1ª Reunião 06/03

NOSSAS IMPRESSÕES

UM NOVO PROGRAMA E UMA NOVA FORMA DE EDUCAR

Quando nos deparamos em 2006, com o Programa ESCOLA ABERTA, acreditamos que poderíamos estender este trabalho, efetivar esta função num movimento diferente, além da educação regular. E cada vez mais convencidos da importância da abertura de nossa escola nos finais de semana para a comunidade, com atividades de cultura, lazer e esporte. Demonstrando, a cada dia, que este tem forte impacto positivo no resgate da imagem da escola, na melhoria da qualidade do aprendizado de crianças e jovens e na redução da violência no espaço escolar e no seu entorno. Nossa maior preocupação é de que as atividades durante os finais de semana sejam construídas da forma participativa e quanto mais a comunidade participar, maior será sua contribuição para o aprimoramento da proposta.

Quando escola, jovens, famílias e comunidade se unem, é mais fácil identificar quais são as principais necessidades da região e desenvolver propostas que ajudem a solucioná-las. Todos passam a se sentir parte das ações e agentes de transformação social.

Novamente quando fomos apresentadas ao PROGRAMA MAIS EDUCAÇÃO, nossa primeira impressão não foi uma das melhores, em função dos espaços da escola, a escola pública sempre foi esquecida pelos nossos antigos governantes, o que tínhamos até o ano anterior foi fruto do

trabalho da comunidade escolar, instalações precárias, sem nenhuma condição de atender alunos em turno integral. Somos apaixonadas por uma nova forma de educar e de esperar que a educação pública pudesse caminhar para novos rumos. "A educação integral exige mais do que compromissos: impõe também projeto pedagógico, formação de seus agentes, infra-estrutura e meios para sua implantação. Ela será o resultado dessas condições de partida e daquilo que for criado e construído em cada escola, com a participação dos educadores, educandos e das comunidades que podem e devem contribuir para ampliar os tempos e os espaços de formação de nossas crianças, adolescentes e jovens na perspectiva de que o acesso a educação pública seja complementado pelos processos de permanência e aprendizagem."

Elisangela Krafchinski Trentin

Diretora da EMEF DAVID CANABARRO

----------**********----------


-Música com Misael-


-Recreação com Paula-


-Futsal com Manoel-


-Futsal com Alex-


-Letramento com a Carol-


-Informática com a Roberta-



-Horta com Andrea e com o seu Zigomar-


Grupo de Dança NA SEMANA DA CRIANÇA A MÚSICA TEVE O SEU ESPAÇO!!!

----------**********----------

Soletrando 2009 e as vencedoras

NAIAJA T. 54

ANA PAULA T.41


O grupo de dança




Grupo de dança
PARTICIPAÇÃO ESPECIAL NO RECREIO DE QUARTA
FEZ PARAR A ESCOLA!!!!

----------**********----------

O ALMOÇO É UMA LOUCURA!

----------**********---------


-NA SEMANA DA CRIANÇA TEVE LANCHE ESPECIAL-

----------**********----------

PROJETO MAIS EDUCAÇÃO

PROJETO EDUCAÇÃO INTEGRAL



O primeiro momento foi reservado a uma conversa entre os monitores do projeto para se conhecerem enquanto equipe e conhecerem melhor o projeto.



No segundo momento, o grupo se apresentou aos pais dos alunos selecionados e por meio de um vídeo e muita conversa foi apresentado a proposta do projeto.



Escola Municipal de Ensino Fundamental DAVID CANABARRO
Rua: Florianópolis, 3893 - Fone: 34561876

8 de mar de 2010

Alfabeto Humano no + Canoas

No dia 03/01/2010 eu publiquei aqui no blog uma matéria sobre o alfabeto com as crianças que uma professora da creche do meu filho fez, ficou lindo!
E a Janice Silva do Mais Canoas viu no blog e fez uma reportagem linda e com certeza isso vai motivar mais professoras a criar e usar a imaginação para ensinar as crianças.



A matéria que foi publicada no dia 05/03/2010 diz:
Ao chegar em casa, o estudante Harim Amaral, seis anos, surpreendeu ao mostrar a maneira como aprendeu os vogais e consoantes. Em conjunto com os colegas, ele agora orgulha-se de identificar as letras. Em grupos, a partir de uma brincadeira em sala de aula, os alunos do jardim da Escola Infantil Vó Sara formaram um alfabeto humano. A, B, e D são escritos no chão com a ajuda de três colegas, enquanto apenas um se transforma na letra C. De uma maneira simples e eficiente, quando a garotada se dá por conta já sabe ler e escrever.

A idéia foi da professora Anise dos Santos, 28 anos. Com a boa receptividade das crianças, a educadora fez as fotos das performances da turma e expôs as imagens durante todo o ano letivo. Orgulhosos do feito, as crianças memorizaram as letras com facilidade.

-Em uma oficina sobre psicomotricidade, compreendi que o corpo ajuda no aprendizado. A teoria funcionou mesmo na prática – afirma Anise.

Como esta inserida numa comunidade em situação de vulnerabilidade social, a escola Vó Sara, localizada na parada 18 do Bairro Mathias Velho, utiliza a criatividade para ensinar aos 103 alunos, do berçário ao jardim. Para não apertar ainda mais o orçamento dos pais com a compra do material escolar, a escola apela para a Associação de Recicladoras de Materiais de Canoas (ARMC). O que para muitos é lixo, na escola tem grande utilidade. Sempre que vê um tecido de TNT, papelão ou papel colorido, a recicladora Salete de Oliveira, 49 anos, que trabalha há nove anos na ARMC, leva para a escola. Mãe de Alisson Silveira, seis anos, Salete recorda que muitas fantasias e cenários para apresentações teatrais foram confeccionadas a partir da sucata da unidade de reciclagem.

-Lembro especialmente de uma festinha de Dia dos pais, que os alunos montaram uma casa toda de papelão. Há outras mães que atuam na associação. Ficamos felizes em poder contribuir dessa forma – afirma Salete.

Dicas ZH

O + Canoas conversou com a pedagoga da Ulbra Marinice Langaro Vaisz e conseguiu algumas dicas para serem colocadas em prática. Confira:

>Explore o processo criativo em sala de aula. A criatividade é bastante exigida na vida adulta.

> Dê espaço para a criança mostrar as suas próprias produções. Em vez de oferecer um brinquedo, peça que o faça.

> Exercícios corporais estimulam o aprendizado.

> Crie situações de dúvidas e questionamentos, evitando dar respostas prontas.

> Promova atividades em grupo para que as crianças aprendam a lidar com diferentes opiniões.

6 de mar de 2010

\o/*\o/Dia Internacional da Mulher\o/*\o/

**08 de março**

Foto retirada do Blog Fabio Pereira

As mulheres querem se igualar aos homens em tudo.

Queimaram sutiãs, e muitas morreram. Pra quê?

Ter um direito de viver como homem e ter direitos iguais???

Mas homens e mulheres não são iguais. É notório...

Eu realmente não entendo isso...

Gosto de ser mulher e ser feminina...

Gosto de usar perfumes florais...

Gosto da cor rosa...

Qual o problema de não gostar de fazer força e deixar isso para os homens?

Não quero ser igual ao homem, não quero medir forças, Deus me fez assim...

Quero ser mãe e menstruar,

Quero ter curvas sinuosas, quero usar salto e andar de saia,

Quero que os homens me dêem lugar para passar,

Quero que me digam obrigada, por favor, com licença...

Não quero pagar a conta no restaurante...

Não quero carregar as sacolas do mercado ou carregar o botijão de gás...

Se o salário é menor, estude e tente uma promoção...

Gosto de ser emocional e não racional...

Me deixe ser mulher, me deixe ser feminina

Deixe eu ser assim...

Não me critique por ser uma mulher...

Escrito por Jô Amaral

Fonte: Blog Jô Amaral

...

Bairro Mathias Velho

.,.,.,.,